COLABORAÇÃO INTERNACIONAL

O PPGE/UFBA mantém intercâmbios em nível internacional com outras instituições mediante convênios e parcerias para a realização de eventos técnicos e científicos, pesquisas e visitas de trabalho do corpo docente  em seminários e conferências. As modalidades de intercâmbios e a amplitude de cooperação implementadas no Programa de Pós-Graduação em Economia são abaixo descritas.
 
A) O CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO COM A UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO (UAN) LUANDA – REPÚBLICA DE ANGOLA
O convênio de cooperação entre a UFBA e a UAN é operacionalizada dentro da componente relativa ao desenvolvimento de atividades de ensino e pesquisa implementadas em nível do curso Mestrado em Economia ofertado pela Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto, na capital da República de Angola. 
 
Este acordo de parceria entre a principal universidade pública da República de Angola e a Universidade Federal da Bahia, visa formar quadros técnicos do fluxo de graduação nas áreas de engenharia e ciências sociais aplicadas, através de deslocamentos periódicos dos professores do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFBA - PPGE (Cursos de mestrado e doutorado) para ministrarem disciplinas de Concorrência e Regulação Econômica, Economia dos Recursos Naturais e Meio Ambiente, Políticas Públicas e Desenvolvimento, Desenvolvimento Regional, Economia dos Recursos Hídricos, Organização Industrial e Economia da Energia.
 
A atividade conta com a participação direta de sete docentes do quadro do PPGE, que ensinam e orientam os mestrandos angolanos em complementação às atividades normais do PPGE e sem ônus a este programa. Os professores deslocam duas vezes ao ano à Luanda onde permanecem por durante uma semana ministrando cursos que correspondem 50 horas, 25 horas por deslocamento, cabendo também as funções de orientação e o desenvolvimento de estudos e pesquisas junto ao centro de investigação socioeconômica na República de Angola. Trata-se, portanto, de aproximadamente 75 mestrandos referentes aos anos de 2013, 2014 e 2015. Nas próximas etapas, haverá a possibilidade de mestrandos angolanos virem ao Brasil onde realizarão cursos nas disciplinas ministrados no PPGE. 
 
Além disso, o corpo docente do PPGE - Mestrado em economia - UFBA tem tido a oportunidade de participar em núcleos de pesquisas socioeconômicas em Angola, o que sinaliza o grande potencial de vazamento para o desenvolvimento de cooperação Brasil - África em muitas outras dimensões de interesse mútuo entre os dois países.
 
O convênio é sustentado com base nos acordos de cooperação técnica, acadêmica e científica do plano de cooperação entre o Brasil e Angola e envolve a coordenação do projeto no Brasil – (em 2013 sob a coordenação do Curso de Mestrado em Economia) e a partir de 2014, do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFBA, quando fora aprovado pela CAPES a Integração do curso de Doutorado ao Programa. 
 
A Coordenação local em Angola coube aos docentes da Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto, através do Prof. Dr. Fernando Vunge e no Brasil, coube a Coordenação do convênio ao Prof. Dr. Henrique Tomé da Costa Mata. 
 
B) GEORGIA STATE UNIVERSITY – USA
As atividades de ensino e pesquisa envolvem o intercâmbio de professores de ambas as instituições através de workshops, atividades de pós-doutoramento e atividades de doutoramentos sanduíches. 
 
C) UNIVERSIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA
Atividades de ensino e pesquisa envolvem o intercâmbio entre docentes de ambas as instituições no âmbito de planos de pós-doutoramento e projetos que visam a obtenção de dupla titulação em nível de mestrado aos estudantes do programa.
 
D) PALESTRAS E ATIVIDADES DE EXTENSÃO ACADÊMICA
Envolvem os esforços em atrair e convidar renomados palestrantes de padrão internacional a exposição de ideias, debate e reflexões sobre a metodologia e o estado da arte na economia. Neste sentido, quando possível e conforme a disponibilidades de recursos do PROAP o PPGE convida pesquisadores e docentes estrangeiros para a exposição destas ideias no âmbito do programa. Por exemplo, em 2014, o PPGE contou com a colaboração de uma exposição internacional sobre  " A Methodological Agenda for New Economic Thinking".