Colaboração Internacional

A) CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA, CIENTÍFICA E CULTURAL ENTRE A UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA E A UNIVERSIDADE AGOSTINHO NETO, ANGOLA
 
Este convênio de cooperação tem por finalidade o desenvolvimento da colaboração entre professores e pesquisadores das duas instituições, no que concerne ao desenvolvimento de projetos de ensino, pesquisa e extensão. Contempla-se a promoção de eventos científicos, a orientação e co-orientação de dissertações de mestrados e teses de doutorado e a participação em bancas examinadoras. À luz deste Convênio de Cooperação Acadêmica, Científica e Cultural, celebrado entre a Universidade Federal da Bahia e a Universidade Agostinho Neto na República de Angola, e por solicitação desta última instituição, através de Faculdade de Economia local, inaugurou-se desde 2011, uma linha de cooperação, em que o PPGE-UFBA assumiu a missão de implementar e fortalecer o curso de mestrado em economia da Universidade Agostinho Neto em Luanda, Angola. Essa tarefa tem sido desenvolvida em parceria com a Faculdade de Economia de Angola.
 
Com base num plano de atividades de ensino e pesquisa previamente elaborados - PROJETO PEDAGÓGICO E REGIMENTO DO CURSO DE MESTRADO EM ECONOMIA NA UAN - entre as duas instituições - coordenações dos respectivos programas de pós-graduação (UFBA - Brasil e UAN - Angola), sete professores PPGE-UFBA se deslocam anualmente à Luanda, onde ministram em nível de mestrado, disciplinas de Desenvolvimento Regional, Economia do Meio Ambiente, Políticas Públicas e Desenvolvimento, Organização Industrial, Estratégia Competitiva e Concorrência, Economia dos Recursos Hídricos e Economia da Energia. Além disso, há um plano de orientação em fluxo contínuo para os ingressantes regulares do curso, que conta com expressivo número de alunos, por ano.
 
Nas próximas etapas, ter-se-á a possibilidade de os mestrandos angolanos virem ao Brasil para participarem dos cursos ministrados por professores brasileiros. Além disso, o corpo docente do PPGE/UFBA tem tido a oportunidade de participar em núcleos de pesquisas socioeconômicas em Angola, o que sinaliza o grande potencial de transbordamento em termos do desenvolvimento da cooperação Brasil - África, em muitas outras dimensões de interesse mútuo dos dois países.
 
B) CONVÊNIO DE COTUTELA
 
Participação do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE/UFBA) no Convênio de Cocutela entre a Universidad de Córdoba- UCO (Espanha) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA).
 
Aluno: Allan Tiefensee, que está cursando Doutorado na Universidad de Córdoba, no Departamento de Ciencias Sociales y Humanidades, Programa Recursos Naturales y Gestión Sostenible, tendo como tema de pesquisa: “Metodologia de autoavaliação agroecológica na dimensão socioeconômica” .
 
Professora orientadora do PPGE/UFBA: Dra. Gilca Garcia de Oliveira
 
2. ALUNOS ESTRANGEIROS:
 
O PPGE/UFBA tem recebido alunos estrangeiros, tendo registrado a absorção oriundos de vários países, a exemplo, da Alemanha, Espanha, Argentina, EUA e de vários países da África através do Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação.
 
Anualmente, o Programa oferece 02 (duas) vagas no Mestrado e 02 (duas) vagas no Doutorado para estudantes estrangeiros cujos países de origem mantenham acordo de Cooperação Cultural, Científica e Tecnológica com o Brasil. Em 2017, dois alunos estrangeiros foram titulados no mestrado, sendo um ingressando no curso de doutorado.
 
3. PROGRAMA DE DOUTORADO-SANDUÍCHE NO EXTERIOR (PDSE)
 
Iniciaram-se em 2017 as atividades de estágio de doutoramento no exterior, mediante a utilização de bolsas sanduíche, de alunos do doutorado do PPGE. Esta atividade é vista como de grande relevância, não apenas por permitir melhora da formação dos estudantes, como também para ajudar a aprofundar os laços do PPGE com instituições de ensino e pesquisa sediadas no exterior.
 
3.1 DOUTORADO-SANDUÍCHE DO ALUNO PAULO AUGUSTO MEYER MATTOS NASCIMENTO.
 
O debate à renda (ECR) como maneira mais eficiente e justa de enfrentar essas questões. Trata-se de modalidade de empréstimo com pagamentos vinculados à renda da pessoa e cobrados pelos mesmos mecanismos que tributam a renda ou que recolhem contribuições previdenciárias, com bem-sucedidas aplicações em alguns países. Há também na literatura construções teóricas que remetem ora a soluções tributárias (tributo do graduado) ora a soluções via instrumentos de capital próprio (contratos e opções de capital humano) para permitir que o indivíduo postergue para o futuro o pagamento dos custos de sua formação. São possibilidades pouco discutidas no Brasil, mas que tendem a entrar na agenda pública diante dos problemas fiscais do Estado brasileiro e da deterioração dos indicadores econômicos do país. Tramitam no Congresso Nacional propostas de emenda à Constituição que instituem cobranças em estabelecimentos públicos de ensino superior ou contribuições compulsórias dos egressos do sistema. Já o financiamento público ao ensino superior privado vem sendo constantemente rediscutido, acarretando constantes modificações nas regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
 
A pesquisa a ser feita na Australian National University busca avançar no tratamento e na utilização de microdados seccionais e de dados em painel para o estudo de alternativas de financiamento de estudos superiores com diferentes níveis de subsídios públicos.
 
3.2 DOUTORADO-SANDUÍCHE DO ALUNO GEIDSON UILSON SEIXAS SANTNA:
 
O objetivo do estudo é analisar os efeitos do Programa Bolsa Família sobre a mortalidade infantil em Salvador, considerando os possíveis spillover effects e a estrutura de serviços públicos locais. Serão utilizadas técnicas de avaliação de impacto.
 
O período de doutorado sanduíche contribuirá com o desenvolvimento de pesquisa na área de avaliação de políticas públicas, considerando o espaço e a estrutura pública de bens e serviços como elementos importantes da análise e avaliação de impacto.
 
Além disso, o doutorado sanduíche proporcionará interação com um grande centro de pesquisa com forte contribuição na área. Além disso, entre a Faculdade de Economia da UFBA e o Centre for Health Economics – CHE da University of York (Reino Unido) possibilitará novas frentes de pesquisa e o intercâmbio com pesquisadores de fronteira no longo prazo. Durante o período de pesquisa no CHE a orientação desse trabalho ficará sobre a supervisão do Professor Dr. Marc Suhrcke que é graduado em Economia pela University of Trier (Germany), pós-graduado em Relações Econômicas Internacionais pelaUniversity of Konstanz (Germany) e PhD em Economia pela Hamburg University. O Professor Suhrcke tem larga experiência em economia da saúde. A parte principal de sua pesquisa gira em torno de uma série de aspectos econômicos e econométricos da saúde pública em países de baixa e média renda.
 
Por sua vez, os aspectos supracitados denotam o potencial deste plano de pesquisa para o aumento da rede de pesquisa e educação, e com a utilização das mais novas técnicas na área de avaliação de impacto de políticas públicas. Da mesma forma, verifica-se que não só se estabelecerá uma parceria internacional, mas há possibilidade de ampliar as parcerias nacionais existentes. Além disso, pelos mecanismos citados acima, os resultados possuem um potencial de ampla divulgação. Por fim, observa-se a relevância para o desenvolvimento econômico e o bem estar social do Brasil no médio e longo prazos de se realizar a avaliação de impacto das intervenções públicas, por possibilitar verificar se ocorrem e como ocorrem os efeitos das intervenções e através de quais mecanismos de transmissão esses efeitos são gerados ou potencializados. 
 
3.3 DOUTORADO-SANDUÍCHE DA ALUNA JAMILLY DIAS DOS SANTOS.
 
O objetivo da tese é estimar a perda que a volatilidade cambial, o comportamento rent seeking e a heterogeneidade de experiências como causa à equidade intergeracional em países em desenvolvimento ricos em recursos naturais exauríveis. E, além disso, implementar um indicador para medir o grau de institucionalidade de economias ricas em recursos naturais, de modo que essa medida contribua com o esforço dessas economias em aperfeiçoar o grau de institucionalidade e assim direcionar da melhor forma a renda dos recursos naturais, na busca do melhor desenvolvimento econômico dessas regiões.
 
O doutorado sanduiche será realizado na universidade de Illinois, no campi de Urbana-Champaign. A intenção é ficar lotada no Regional Economics Applications Laboratory (REAL), que tem como um dos objetivos o desenvolvimento e a utilização de modelos analíticos para o desenvolvimento econômico.
 
O período proposto de estadía em Illinois é de 1º de julho a 30 de dezembro de 2017, período que contempla o semestre letivo que inicia-se em agosto, o Fall Semester. O professor que será o orientador externo de pesquisa é o Geoffrey J. D. Hewings, que possui diversos trabalhos na área de recursos naturais, dentro os quais destaco Economic Welfare Analysis of the Legalization of Drugs: a CGE Microsimulation Model for Colombia.
 
3.4 DOUTORADO-SANDUÍCHE DA ALUNA DANIELA LIMA RAMOS
 
UNIVERSITY OF ILLINOIS, URBANA-CHAMPAIGN Estados Unidos, durante 07/2017 12/2017.
 
4. PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS:
 
PROF. Daniel Jeziorny
 
Palestra: Desenvolvimento sustentável: oximoro ou trajetória de evolução social
 
Evento: XXXI Congreso de la Asociación Latinoamericana de Sociologia da Asocicción Latinoamericana de Sociologia (ALAS).
 
Realizado del 3 a 8 de diciembre de 2017 em la ciudad de Montivideo - Uruguay
 
5. PUBLICAÇÕES EM 2017
 
A) AUTOR: UALLACE MOREIRA LIMA
    CAPÍTULO: PRODUCTIVE INTEGRATION IN MERCOSUR AND ITS      
    IMPLICATIONS FOR KOREA’S ECONOMIC COOPERATION WITH THE
    REGION
    LIVRO: Studies in Comprehensive Regional Strategies Collected Papers
    (International Edition)
    ISBN: 978-89-322-2435-0
    Cidade/País: Sicheong-daero, Sejong-si, Korea
    Meio de Divulgação: Obra Digital / Eletrônica - URL:
    Nome da editora: Korea Institute for International Economic Policy
 
B) AUTOR: UALLACE MOREIRA LIMA
    COAUTOR: MARCELO XAVIER DO NASCIMENTO
    LIVRO: THE RECENT EVOLUTION OF THE LOCAL CURRENCY PAYMENTS   
    SYSTEM OF THE BRAZILIAN ECONOMY
    ISBN: 9785789302712
    PAÍS: Rússia
    Meio de Divulgação:  - URL: