Doutorado em Economia

A aprovação do projeto do Curso de Doutorado em Economia (CDE), em funcionamento desde o ano de 2014, representou um importante passo no contexto do plano de desenvolvimento da UFBA e de sua Faculdade de Economia pelas seguintes razões:

a) Tendo em vista a importância adquirida pela Universidade Federal da Bahia no âmbito estadual e regional, vindo a ser, por conseguinte, a mais respeitável instituição universitária do Estado da Bahia e uma das mais expressivas da região Nordeste do país, a carência de um curso de doutorado em economia representava uma lacuna a ser suprimida com urgência, posto que este cenário corresponde, no âmbito da universidade, a uma ainda rara ausência em uma das áreas do conhecimento mais relevantes. Nesse sentido, o Curso de Doutorado em Economia (CDE) se incorpora ao esforço de fortalecimento da área de Ciências Sociais Aplicadas da UFBA. A efetivação de tal projeto permite à instituição a introdução de ambiente propício para o desenvolvimento de importantes pesquisas nos vários campos da economia, abordando problemas correlatos ao estudo e análise do desenvolvimento econômico e da economia aplicada. Ainda mais, acrescenta-se a oportunidade de criação de um espaço multiplicador e de geração de sinergias para uma parcela importante de pesquisadores vinculados à UFBA e outras instituições que possuem profissionais que atuam nas áreas do conhecimento envolvidas na temática do presente projeto;

b) Os docentes integrantes do CDE/PPGE/UFBA desenvolvem pesquisas, as quais, entre outros aspectos importantes, apresentam interfaces com outras áreas, a exemplo da sociologia, da geografia, das ciências políticas e da administração, interconectadas com os conceitos e técnicas relacionadas com a economia. A criação deste Programa de Pós-Graduação em Economia significa um ato importante na consolidação destas pesquisas, representando uma relevante ação no plano de desenvolvimento da UFBA, no que se refere à sua inserção transformadora na comunidade e à extensão da transmissão e geração de conhecimentos junto à sociedade. A criação do doutorado significou um importante passo adicional nesta direção, estando em consonância com as demandas efetivas da sociedade por um programa dessa natureza.

c) A criação do CDE proporciona um maior engajamento dos docentes, permitindo a diversificação de suas atividades e interesses de pesquisa e docência em pós-graduação. Cabe salientar que, no momento, parte deste corpo docente tem vínculos com atividades de pós-graduação aquém de suas potencialidades. Ao mesmo tempo, este projeto permite que a UFBA passe a contar com um curso de doutoramento novo vinculado a uma temática e procedimentos contemporâneos e simultaneamente viabiliza a ampliação das atividades dos docentes envolvidos.

Dadas as condições asseguradas pela UFBA, e tendo em vista a proposta do curso e a composição de seu corpo docente consolidado, este Curso de Doutorado apresenta aderência aos critérios para cursos novos na área de economia. Dessa forma, avalia-se que tal situação encontra-se em plena sintonia com o plano de desenvolvimento da UFBA, que prevê a concepção e apresentação de propostas à CAPES que tenham consistência em relação a estes critérios.

 

Relevância e impactos regionais da formação dos profissionais com perfil previsto.

a) A criação do Curso de Doutorado em Economia da UFBA se inscreve dentro da perspectiva de viabilização de um ambiente adequado à elaboração de estudos sólidos e permanentes relacionadas à articulação da Teoria Econômica e da Economia Aplicada às temáticas do desenvolvimento econômico e da melhoria das condições materiais de existência das populações da Bahia e do Nordeste mediante a formulação de análises e de políticas públicas e sociais que possam ser implementadas nesta direção.

b) Neste sentido, o curso contribuirá para a compreensão e definição de formulações voltadas para a redução das assimetrias e desigualdades econômico-sociais presentes na região Nordeste e no estado da Bahia.

c) Além disso, o curso de doutoramento em economia representa um salto de qualidade no que tange à formação de recursos humanos nesta área para as esferas pública e privada, representando, também, um avanço para o próprio desenvolvimento do campo do ensino e da pesquisa em economia no estado e região.

d) A despeito da existência de cursos que tratam da temática da economia em outras instituições, acredita-se que a abordagem aqui proposta é relevante e reveste-se de grande potencial de afirmação e desenvolvimento em função da tradição e importância da instituição que abriga o novo curso, qual seja, a UFBA e sua Faculdade de Economia.

e) É notória a necessidade criação de massa crítica em termos teóricos e aplicáveis em economia, apoiada em uma visão contemporânea, e ao mesmo tempo em correspondência com o conceito de estudos aprofundados e mais rigorosos, espelhando, dessa maneira, a possibilidade da UFBA passar a contar com um curso de doutorado que tenha esta preocupação como seu objetivo fundamental.

 

Caracterização da demanda a ser atendida.

a) A criação do CDE se insere no esforço de atendimento a uma demanda originada de carências do estado da Bahia e da região. Estas demandas envolvem a formação de quadros profissionais para instituições públicas, privadas e organizações sociais com qualificação em nível de pós-graduação, assim como o desenvolvimento de estudos e pesquisas científicas.

b) Há atualmente um grande contingente de mestres formados nas várias áreas das ciências humanas oriundos da UFBA e de outras instituições no estado da Bahia, contingente este que, em parte, particularmente no que diz respeito à economia, transforma-se em demanda reprimida por cursos de doutoramento. Vê-se, assim, que o curso de doutorado aqui instalado terá nesta demanda reprimida parte de seus potenciais candidatos.